Cruzando caminhos e semeando esperança

Alunos do 2ºB com suas bíblias, preparados para a classe de religião, na companhia de Shirley Rueda. (Foto feita pela professora Cláudia, titular da classe)
Alunos do 2ºB com suas bíblias, preparados para a classe de religião, na companhia de Shirley Rueda. (Foto feita pela professora Cláudia, titular da classe)

Sentado em um barco, com uma grande multidão diante dele, Jesus contou a parábola do semeador (Mateus 13). De maneira didática ele explicava o ministério que estava desenvolvendo, e que posteriormente seus discípulos fariam ecoar até nossos dias. Jesus, Mestre dos mestres, tinha paciência, amor e compaixão por todos os seus “estudantes”, e aproveitava cada oportunidades para “semear” no fértil terreno da mente e do coração, do mais novo ao mais velho, a verdade de sua Palavra.

Particularmente, ele tinha um carinho muito especial pelos mais pequenos. Quando seus discípulos repreendiam as mães que se acercavam carregando seus filhos para que fossem abençoados, Ele disse: “Deixai vir a mim os pequeninos, não os impeçais; porque deles é o reino dos céus”. (Mateus 19.13-15) Quem trabalha com crianças conhece, que apesar de seus defeitos, elas tem o coração puro, inocente, e são tremendamente receptíveis ao amor de Deus.

Estudantes que receberam sua primeira Bíblia, acompanhados pela professora titular Cláudia Larrea. (Fotos Shirley Rueda)
Estudantes que receberam sua primeira Bíblia, acompanhados pela professora titular Cláudia Larrea. (Fotos Shirley Rueda)

Durante o processo de aprendizagem que estou vivendo, nas práticas profissionais pedagógicas como professor de ética e religião em uma escola pública de Medellín, Colômbia, estou bem próximo das crianças. É uma experiência bem diferente do que estar com as crianças da família, primos, sobrinhos ou filhos. São meninos e meninas de 5 a 7 anos provenientes de famílias completamente desconhecidas e com hábitos peculiares à sua cultura.

Fico impressionado quando abro minha bíblia e começo a contar as grandes histórias das Sagradas Escrituras, e extrair lições baseadas em valores bíblicos, e percebo o nível de interesse dos estudantes em cada detalhe. Cada dia de classe, ao chegar e receber os abraços e palavras de carinho antes de começar a aula, sentia que estava entrando em um terreno sagrado, um momento no tempo e no espaço em que meu caminho e o caminho de cada uma daquelas criança se cruzava, e que essa era uma oportunidade única.

As crianças são amáveis, e de uma vez permitem que você entre em suas vidas, e aí está a grande responsabilidade que temos de deixar pegadas que as levem pelo bom caminho da salvação. Quando entro pela porta da sala de aula, é como se estivesse entrando no coração desses pequeninos. Enquanto falo, explico, chamo atenção, corrijo e ensino, posso ouvir a voz de Jesus dizendo “Deixai vir a mim os pequeninos, não os impeçais…” Com isso surgiu o desejo de dar a cada um que não possuía uma bíblia, um exemplar novo para que pudessem estudar e aprender sobre a Palavra de Deus.

Expectativa das crianças durante a entrega das bíblias novas.
Expectativa das crianças durante a entrega das bíblias novas. (Foto Shirley Rueda)

Essa semana, com a benção de Deus, e com a ajuda de pessoas muito especiais, foi possível comprar as bíblias e entregar pessoalmente nas mãos das crianças. Um momento emocionante, gratificante, uma verdadeira viagem no tempo e no espaço ao imaginar as possibilidades da ação do Espírito Santo em cada vida, cada família. Não importa onde esteja, nem o idioma, nem a cultura, se tens a oportunidade de trabalhar com crianças, ore a Deus para que lhe revele a melhor e mais efetiva maneira que caminhar por seus corações deixando “pegadas de bênçãos”. Assim como o semeador da parábola, cumpramos a missão semeando com a esperança de ter uma excelente colheita. Estas ouvindo? Jesus continua falando… “Deixai vir a mim os pequeninos, não os impeçais”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: