Reações de Jesus: lições para quem o ama

Entra no barco e nos afastar da margem nos dá uma perspectiva mais ampla do nosso contexto, e do que acontece ao nosso redor. No faz enxergar que outras pessoas também têm problemas, que podem ser muito mais complexos que os nossos, e necessitam de ajuda.
Entrar no barco e nos afastar da margem nos dá uma perspectiva mais ampla do nosso contexto. No faz enxergar que outras pessoas também têm problemas, que podem ser muito mais complexos que os nossos, e necessitam de ajuda.

João Batista era primo de Jesus. Geralmente gostamos e consideramos nossos parentes, e ainda que estejam distantes queremos o bem deles. Creio que Jesus devia considerar muito o seu primo. João Batista era alguém consagrado, e dedicava a sua vida a Deus. Ele chamava o pecado pelo nome, e isso o tornou muito conhecido. Alguns o amavam, o admiravam, já outros o queriam morto. O tetrarca Herodes tinha um relacionamento ilícito com a esposa (Herodias) de seu meio irmão Filipe. João o advertiu do pecado. Um homem como João Batista teve a sua vida estupidamente encerrada pelo capricho dessa mulher.

Nesse mesmo dia Jesus atendia centenas de pessoas que o seguiam em busca de cura. Viajo em pensamentos e me vejo testemunha ocular desses momentos. Homens, mulheres, pessoas com todo o tipo de dificuldade cercando Jesus, a sua única esperança de cura. Com certeza estava sendo um dia de muitos frutos no ministério do senhor. Foi então que apareceram os discípulos com a triste notícia de que seu primo João havia sido decapitado.

A bíblia nos diz que ouvindo isso Jesus retirou-se dali num barco, para um lugar deserto, à parte. Às vezes estamos no ápice de um ministério, um evangelismo, um estudo bíblico, em um pequeno grupo, proporcionando o encontro de pessoas com Jesus, quando uma notícia triste nos é anunciada. Nossa reação é a tristeza, a dor da perda, da traição, da decepção. Inevitavelmente paramos o que estamos fazendo em busca de entender e absorver as conseqüências do fato.

Analisando a vida de Jesus encontramos esses momentos humanos pelos quais passamos. Encontramos também as surpreendentes reações do Mestre diante das adversidades. A bíblia não afirma que Ele estava triste ou decepcionado, mas seja o que for que sentiu, isso o levou a buscar a solidão longe de todos. Jesus parou o que estava fazendo. Nós também paramos, pensamos, ficamos sem reação, às vezes confusos. Poderíamos arrumar todas as justificativas para regredir no que estamos fazendo, deixar de orar, de dar estudos, de liderar um grupo de estudos da bíblia, afinal de contas, Jesus também parou.

Apesar de tudo Jesus não perdeu o foco do seu ministério, e é nesse ponto que precisamos centrar nossa atenção. Jesus ainda nem havia descido do barco quando percebeu que a multidão o seguia por terra. Percepção, empatia, ação em benefício dos outros ainda que as circunstâncias físicas e psicológicas sejam desfavoráveis, essas eram as reações de Jesus. Mateus continua narrando a história com as palavras: “descendo do barco, viu Jesus a grande multidão, compadeceu-se dela e curou os seus enfermos”.

De onde Jesus tirava forças para reagir dessa maneira? Como mesmo diante da morte de alguém querido Ele foi capaz de perceber as necessidades alheias, e se dedicar aos outros? Sei que Jesus estava em constante oração com o Pai. Mas sei também que Ele entrou naquele barco e se retirou para nos deixar algumas mensagens. Entrar no barco significa que em alguns momentos precisamos estar a sós com Deus. Afastar-nos dos ruídos da multidão no fará ouvir com mais clareza a voz do Senhor.

Palavras não podem descrever o que sente um homem que anda sobre as águas.
Palavras não podem descrever o que sente um homem que anda sobre as águas.

Entrar no barco e nos afastar da margem nos dá uma perspectiva mais ampla do nosso contexto. No faz enxergar que outras pessoas também têm problemas, que podem ser muito mais complexos que os nossos, e necessitam de ajuda. No faz entender que se podemos fazer algo, não devemos nos privar de ser benção para os outros. Mesmo em meio à crise, estando dentro do barco, podemos nos preparar e voltar com muito mais vigor e força. As pessoas não vão parar de nos olhar quando recebermos uma notícia que nos faça sair de cena por algum tempo. Assim como a multidão tinha a esperança em Jesus mesmo Ele estando longe no barco, as pessoas também acreditam que você pode ajudá-las.

Talvez Deus esteja preparando algo muito especial para você quando desembarcar e pisar em terra firme. Com certeza as pessoas estarão atentas e expectantes quanto à sua reação diante delas, e quase sempre é uma multidão. Incrivelmente a continuidade dessa história nos leva ao único milagre de Jesus que aparece nos quatro evangelhos. Olhe a vida de Jesus, se alimente da Sua palavra, perceba os detalhes fascinantes do Seu ministério, aprenda a agir e reagir como Cristo, e prepare-se para alimentar multidões com o seu testemunho, com a sua vida.

Leia Mateus 14

Anúncios

3 comentários em “Reações de Jesus: lições para quem o ama

Adicione o seu

  1. É AMIGO COMO SÃO VERDADEIRAS TODAS ESSAS PALAVRAS. QUANTAS VEZES EU ME TRANCAVA, SUMIA, E NÃO QUERIA VÊ NINGUEM QUANDO ACONTECIA ALGUMA COISA TRISTE EM MINHA VIDA, EU ADOECIA. MAS A CADA DIA APRENDO NA PALAVRA DE DEUS QUE É O SECREDO DA MINHA FORÇA! SÓ NELA ME FORTALEÇO, EU SEI QUE COM VOCÊ É O MESMO.QUE BOM CADA DIA, CADA MOMENTO ESTARMOS APREDENDO COM OS ENSINAMENTO DO NOSSO DEUS, E DE NOSSOS IRMÃOS.
    TE….AMOOO…AMIGOOOOOOO…MANOOOO…LINDOOOOOOO.

    Q DEUS SEMPRE TE ABENÇOE!! POR Q VC É UMA BENÇÃO NA VIDA DE MUITOS Q VC NEM IMAGINA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: