Esperança sempre

Igreja Adventista do UNA II, Bairro Cabanagem
Igreja Adventista do UNA II, Bairro Cabanagem

No dia 08 de outubro de 2008 iniciei a minha primeira conferência evangelística na IASD do UNA II, Bairro Cabanagem, Belém. Um lugar simples, de pessoas simples, humildes, corajosas, e fieis. Fiquei preocupado com tamanha responsabilidade. Tem sido dias especiais na minha vida, pois, tem me feito relembrar a minha historia de conversão. Em Manaus, Amazonas, especificamente no bairro da Raiz, eu dava os meus primeiros passos rumo à fé adventista. Era um menino, curioso, tímido.

Estar diante daquelas crianças e jovens falando de Jesus me fez regressar em pensamentos aos meus felizes momentos participando das semanas do “calvário” promovidos pela minha amada igreja. Ainda não era 19h, eu e meus irmãos já estávamos ansiosos por chegar à igreja, rever os amigos, cantar, e assistir os desenhos bíblicos, participar dos sorteios, e receber a mensagem.

Como era legal chegar lá e ter o nome anotado no livro de presenças. Como era empolgante zelar pela coletânea e ser homenageado ao final por tê-la conservado quase que intacta durante os dias de conferência. Olhar aquelas crianças era como ver um filme da minha vida. Pensei; o que falar pra elas, como mantê-las todas as noites interessadas na mensagem? Lembrei então do que eu mesmo sentia naqueles momentos passados.

Os dias se passaram, e lá estavam elas todas as noites, cantando com eu nunca havia visto. Sorrindo, alegres, e com as bíblias nas mãos. Que satisfação, que emoção, e como imaginei como Cristo se sentia bem em meios aos pequeninos. A igreja toda poderia não estar lá, mas eles estavam, e bem cedinho 18h30.

Crianças da Cabanagem pontualmente na igrejaTêm sido momentos especiais esses que estou vivendo. Olhar nos olhos daquelas pessoas, curiosas, tímidas, e de coração aberto como no passado o meu. Passo horas durante os meus dias pensando os efeitos que esse evangelismo terá na vida de cada uma daqueles amados. Um dia eu estive naquele banco, cantando aquelas músicas, ouvindo aquelas mensagens. Hoje estou aqui, sendo usado por Deus para chegar até elas.

Lembro das mudanças na minha vida de adolescente, dos hábitos que adquiri, das amizades que formei. Lembro também como eu e meus irmãos fomos atraídos a Cristo pelos gestos e atos simples de irmãos adventistas. Lembro de minha mãe descendo às águas batismais um ano depois que eu e meus irmãos declaramos publicamente a nossa decisão.

Não pense que foi do dia pra noite como muitos esperam. Dos treze aos dezoito, quantos batismos eu vi acontecer sem que o meu se concretizasse. A transformação na vida das pessoas, a atuação do Espírito Santo no coração do homem é um processo. Hoje estamos deixando gotas no jardim para que um dia as sementes brotem e as flores apareçam. Quem sabe um dia estas palavras se repitam, essas mesmas emoções se sintam, e a esperança para hoje se realize no amanhã.

Fotos: JGS

2 comentários em “Esperança sempre

Adicione o seu

  1. Semear as palavras de DEUS é lindo!
    Ainda mais quando semeado por pessoas que a vivem em seus contextos.
    PARABÉNS!
    QUE DEUS CONTINUE A LHE ABENÇOAR COM ESSA DÁDIVA DE FÉ, ESPERANÇA E AMOR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: